Xote pro Paraíso


A música foi composta especialmente para a comunidade. Letra de Charles J. Sturm e música de Sidnei Frank, artistas riograndenses. O Xote pro Paraíso foi criado de acordo com o resgate da identidade da comunidade e retrata em detalhes a vida dos cidadãos que lá vivem. Elaborada através de pesquisas, apresenta a realidade dos sonhos de pessoas simples do campo, onde através de um empreendimento, fortaleceu o distrito de Maralúcia como potencial turístico dentro da região das Cataratas do Iguaçu. 

 O retrato do cotidiano das pessoas, a amizade, à força do trabalho, a prosa na roda do chimarrão, bebida típica da cultura gaúcha, as madeireiras que desbravaram no começo, na encosta do Rio Ocoy. “Força e luz o meu rincão...”. Força e Luz relembra a primeira micro usina de energia elétrica do município e ainda hoje é o nome do time de futebol da comunidade. Esse resgate cultural, cantado e apresentado para os turistas através do Grupo de Dança Arte Nativa Cheiro de Flor, composto por 38 componentes (14 casais dançantes), repassa a simbologia das tradições desse povo. É o resgate da sua identidade e das suas representações como ícones de uma cultura.

Veja abaixo a letra da música.

XOTE PRO PARAÍSO

Letra: Charles J. Sturn
Música: Sidnei Frank


Veja a riqueza feita pelo braço forte
Não foi a sorte que caiu por esses lados
Foi o arado e o braço do imigrante
Determinantes para o futuro desejado

E o estradão, caminho pras bandas do sul
Um céu azul a iluminar essas canhadas
Mãos calejadas de trabalho e esperança
Em confiança que aqui foi depositada

Um orquidário afamado na querência
É referência em beleza e produção
A mesma mão que te recebe ao chegar
Vai te alcançar, assim no más um chimarrão

/: Oh Maralúcia, que me orgulho em cantar
Quero mostrar com força e luz o meu rincão
Esse é meu chão, de trabalho e hombridade
Onde a amizade vale mais do que um milhão :/

As madeiras desbravando no começo
Não teve preço a vontade de fazer
E foi nascer um povoado por aqui
No costado do Ocoy, onde é muito bom viver

E os gaúchos que vieram se chegando
Foram ficando e ajudando prosperar
Esse é lugar, de Alemães e Italianos
Que precisando todos vem pra ajudar

Te convidamos a conhecer o paraíso
Só é preciso a Maralúcia tu chegar
Vai encontrar, Pousada de fundamento
Que na hora te apresento e com certeza vai gostar


XOTE PRO PARAÍSO

 

Letra: Charles J. Sturn

Música: Sidnei Frank

 

Veja a riqueza feita pelo braço forte

Não foi a sorte que caiu por esses lados

Foi o arado e o braço do imigrante

Determinantes para o futuro desejado

 

E o estradão, caminho pras bandas do sul

Um céu azul a iluminar essas canhadas

Mãos calejadas de trabalho e esperança

Em confiança que aqui foi depositada

 

Um orquidário afamado na querência

É referência em beleza e produção

A mesma mão que te recebe ao chegar

Vai te alcançar, assim no más um chimarrão

 

/: Oh Maralúcia, que me orgulho em cantar

Quero mostrar com força e luz o meu rincão

Esse é meu chão, de trabalho e hombridade

Onde a amizade vale mais do que um milhão :/

 

As madeiras desbravando no começo

Não teve preço a vontade de fazer

E foi nascer um povoado por aqui

No costado do Ocoy, onde é muito bom viver

 

E os gaúchos que vieram se chegando

Foram ficando e ajudando prosperar

Esse é lugar, de Alemães e Italianos

Que precisando todos vem pra ajudar

 

Te convidamos a conhecer o paraíso

Só é preciso a Maralúcia tu chegar

Vai encontrar, Pousada de fundamento

Que na hora te apresento e com certeza vai gostar






Cadastre-se e receba novidades em seu e-mail

 

Rua Paraíso, vila de Maralúcia, Medianeira-PR - Fone: (45) 9947-1544